Tagged: nutrição

intolerancia-lactose-leite

Introdução (viver bem sem lactose)

É possível viver bem sem lactose, mas não é tarefa fácil, principalmente se você descobre que vai ter que cortar laticínios deliciosos tipo chocolate branco ou aquele suculento queijo derretido.

Não sou intolerante mas convivo com quem é, e por isso resolvi escrever esse post com o intuito de avisar a quem precisa que dá para viver com qualidade sem depender das vaquinhas.

O que é Intolerância à Lactose?

A intolerância a lactose é quando uma pessoas não consegue digerir produtos a base de leite e seus derivados. A impossibilidade de digerir segue pelo fato da incapacidade do nosso organismo produzir uma enzima chamada lactase ou produzi-la numa quantidade insuficiente. Há pessoas que nascem com esse problema e outras que desenvolvem ao longo da vida.

viva bem sem lactose intolerância a lactose

Saiba que o mundo é feito de leite

Sim é um fato que realmente só é percebido quando você tenta evitar o leite. Muitos alimentos que eu nem imaginava tem leite e consequentemente algum teor de lactose.

Você talvez imagine doces, bolos são alimentos que levam leite. Mas provavelmente você não sabe que muitas marcas de salame, salgados (ex:coxinhas e pasteis), chips (ex:batatinha Ruffles) e até capsulas de medicamentos contém lactose.

Na dificuldade de encontrar alimentos perto de casa e passar horas se frustando lendo rotulos nas prateleiras do supermercados na esperança de achar algo para comer, percebi que a industria indeusa o leite em tudo.

Alimentos a base de soja e o preconceito cultural

O Brasil é segundo maior produtor mundial do grão da soja, que é uma alternativa ao leite, mas os brasileiros evitam ela até mesmo com nojo. Como disse convivo com uma pessoa que tem intolerância e acabei gostando de alimentos a base de soja. Muitos são gostosos e mais saudáveis, por conter menos gordura e sei que leite de vaca da um ótimo gosto aos alimentos.

Mas a reação das maioria das pessoas quando falo que belo leite de soja é cara de nojo, sem ao menos experimentar muitos dizem que é ruim. Como se fosse comida de ET’s. Existem de fato um preconceito que contribui ainda mais na falta de interesse das empresas em investir mais em alimentos que substituem o leite de vaca.

Você realmente tem certeza que não é intolerante?

Você sabia que em torno de 70% da população brasileira apresenta algum nível de intolerância à lactose?

Existem muitas pessoas que não sabem que tem o problema. E as vezes ficam anos e anos sem saber. Se perceber algum desconforto, gases, diarréia após ingerir leite, procure um médico para fazer exames adequados.

 Dicas de alimentos e boas sugestões

Para finalizar vou deixar aqui uma pequena lista de alguns sites sobre o assunto, que ajudam muitas pessoas a viver bem sem lactose.

http://www.semlactose.com/

http://www.diariosemlactose.com/

http://www.semglutensemlactose.com/receitas/

http://vivabemsemlactose.blogspot.com.br/


Bookmark e Compartilhe

comer chocolate

E aí pessoas! Como falei muito nos últimos posts sobre suar a camisa e se esforçar com exercícios, resolvi dar um descanso e adocicar um pouco as ideias trazendo o vilão da obesidade: “O chocolate”. Mas na verdade não é bem por aí. Nem sempre os nutricionistas vão dizer para comer frutas e não comer chocolate. O chocolate consumido de forma moderada e principalmente os do tipo meio-amargo ou amargo, traz inúmeros benéficos para a saúde, bem-estar e até na prevenção de doenças, o que com certeza anima principalmente a mulherada.

Mulher gosta tanto de chocolate que uma vez li que estudos apontam que algumas preferem a sensação prazerosa de consumi-lo do que ter um orgasmo. Deve ser por isso que todo comercial de chocolate parece comercial de preservativo e sempre tem uma mulher viajando e tendo um “orgasmo” com o produto, já repararam? rs

Mas deixando as zueiras nossa de cada dia de lado, vamos ao 4 ótimos motivos para comer chocolate sem tanta culpa. Vamo q Vamo!

  1.  Reduz a pressão arterialEstudos apontam que comer um quadradinho de chocolate amargo diariamente reduz as chances de hipertensão e também há substâncias no chocolate que diminuem a ocorrência de doenças cardiovasculares;
  2. Funciona como anti-inflamatório: Por ser rico numa substância chamada flavonoides que combate  inflamações crônicas.
  3. Te deixa mais feliz: Comer chocolate meio amargo libera serotonina no organismo. O que melhora muito o humor já que a serotonina é uma das substância que traz sensação de felicidade e bem-estar.
  4. É fonte de energia para malhar: Uma boa combinação nessas horas é o famoso achocolatado. Fonte de carboidratos e proteínas que vão te dar um gás antes e depois do exercício.

Segue esse vídeo abaixo que fala sobre algumas verdades e mentiras sobre comer chocolate:

Enfim, como tudo na vida é moderação, sabendo administrar o consumo pode-se sim apreciar doces sem nenhuma dieta radical.

Aliás, eu gostaria de recomendar o meio amargo, pelo simples fato de ele ser mais suave e mais docinho mesmo. Confesso que achei amargo demais esses do tipo 70%, 80% e 90% de cacau. Mas experimente e veja qual é o mais agradável ao seu gosto.


Bookmark e Compartilhe