Exagerou na passagem de ano?

Fala Galera! Estamos aí iniciando mais um ano em que todos esperamos sermos melhores e com muita saúde onde muitos prometem praticar esportes e ter uma melhor dieta com um grande copo de refrigerante e salgadinhos super gordurosos em mãos. Pelo menos é o que acontece todo ano!

passagem de ano

Acho uma grande ironia da nossa cultura ver o exagero como sinônimo de fartura nas festas. Aqui em casa mesmo sobrou bastante doces e frituras e sei que resistir a essas tentações é difícil. Por isso sei que você exagerou, talvez com a velha desculpa do “Só Hoje“. Não entendeu? É o seguinte: Você está rodeado de alimentos gostosos para comer e pensa: “vou exagerar, eu sei, mas é só hoje”, afinal ano novo é uma vez no ano. O problema é que você não se lembra que no ano passado falou isso 200 vezes no aniversário do priminho de um ano, na saída para balada, no barzinho com os amigos do trabalho, no natal, na páscoa, no carnaval… Entendeu agora né espertinho?!

E o problema não é comer panetone de chocolate ou tomar cerveja com os amigos na passagem de ano, mas sim mentir para você mesmo o ano todo. E pensando nisso sei que muitos gordinhos estão desesperados. Gente muita calma nessa hora, dá para recuperar o estrago, sempre tem um outro dia. Então vamos às dicas sobre o assunto?

Vamo q vamo!

  • Coma frutas e verduras: Não somente por serem alimentos leves, mas até mesmo por aquela sensação de fazer o certo sabe? Aquela “sensação de desintoxicação” é importante para o psicológico nessas horas;
  • Tome bastante água: Eu falei água e não refresco com adoçantes viu? Principalmente nesse verão de Janeiro que ainda promete regaçar no início desse ano;
  • Faça a bendita da atividade física: Essa daí não tem como escapar não, vê se liga para um amigo(a) que também se sentiu culpado e convença-o a dar uma corrida, kkkkkk…. Uma boa estratégia né!?
  • Coma fracionado: Como falei, sei que sobra comida do final de ano, mas e aí, vai jogar fora? Se abrir a geladeira e colocar a mão onde não devia, pelo menos coma a sobremesa numa pequena porção três horas depois do almoço e não junto… Ok?

Sejamos realistas, exageramos às vezes mesmo, então o jeito é correr atrás e não desanimar, tudo se trata de hábitos e valores e com o tempo você vai até gostar deles, falo por experiência própria.

 

 


Bookmark e Compartilhe


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *