A polêmica invisível dos alimentos trangênicos!

Olá leitores do blog! Vocês já ouviram falar em alimentos trangênicos? Sabia que diariamente você come alimentos que não são naturais e que a comunidade cientifica tem dúvidas sobre os riscos a saúde humana?

Por essas e outras os alimentos trangênicso se tornaram polêmicos, e cabe a você conhecer essa situação e saber se vai evitá-los ou não. “Sem mais demoras vamo q vamo para explicação:”

alimentos trangênicos

O que são Trangênicos?

Transgênico é a denominação para organismo geneticamente modificado. Isso mesmo, uma mudança no código genético (DNA) no qual não podemos enxergar.

Onde estão?

Nos seres vivos: plantas, animais e micro-organismos.

Para que finalidade se produz um orgânismo trangênico?

São vários os motivos, no caso dos alimentos, para inserir nutrientes e garantir resistência à pragas e agrotóxicos por exemplo. Na área da saúde, temos a produção de insulina por bactérias transgênicas, tornando essa síntese mais rápida e eficiente.

Um transgênico é produzido selecionando o gene responsável pela característica desejada e em seguida faz-se a transferência desse gene para outro organismo alvo. (Por exemplo, selecionando o gene responsável pelo ômega 3, natural de uma planta chamada prímula, e transferindo-o para a soja).

Bom, agora que já sabemos o básico sobre os transgênicos, vamos ao que interessa: talvez você esteja ingerindo alimentos transgênicos diariamente sem saber, e pior ainda, sem saber se isso pode te prejudicar.

Por acaso você conhece esse símbolo?

simbolo_transgenicos

Ele é obrigatório na embalagem de produtos elaborados a partir de transgênicos. Comece a reparar quando for ao supermercado fazer compras… A maioria dos óleos de soja comercializados por aí são produzidos a partir de soja transgênica. Tem também biscoitos da Seven Boys, e os salgadinhos de milho da Elma Chips elaborados a partir de milho transgênico. Sem contar que ainda não consegui encontrar uma ração de cachorro que não seja transgênica!

Pois é, só pelo óleo de soja já deu para perceber que estamos ingerindo alimentos transgênicos diariamente né?! Mas sabe o que é pior? Ainda não se sabe os efeitos da ingestão de transgênicos a longo prazo, nem seus efeitos ao meio ambiente (propagação/contaminação de espécies não transgênicas). Sei lá se isso pode provocar uma mutação na própria soja e fazer com que ela produza toxinas e substâncias maléficas a nós…  Sem contar que, para esses alimentos serem liberados para o consumo, são feitos alguns testes, e na decisão final sempre tem uns 2 cientistas no meio de 10 que são contra a liberação exatamente porque faltam pesquisas mais detalhadas sobre os efeitos de se ingerir transgênicos.

Bom, pra mim isso é o suficiente para ficar desconfiada. Afinal o que mais interessa às indústrias é saber se você está consumindo seus produtos… É por isso mesmo que eu evito comer alimentos transgênicos, e recomendo a adoção dessa prática. É melhor prevenir até que se saiba exatamente dos potenciais riscos. Já ouvi falar em pesquisas feitas com ratos, no qual os que comiam ração transgênica tinham maior incidência de câncer que os demais…

Abaixo uma boa reportagem para complemento sobre o assunto abordado:


Bookmark e Compartilhe


2 Comments

  1. Daiana janeiro 24, 2013 7:36 pm  Responder

    O assunto transgênicos é polêmico demais nossa! E como minha saúde pode estar em jogo eu prefiro prevenir. Mas realmente tem muitos extremistas nessa história. Tanto os a favor quanto os contra…

  2. angela setembro 7, 2013 6:04 pm  Responder

    Nao consigo encontrar ração e biscoitos para cães que não sejam transgênicos. Alguem sabe?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *